Tecle ENTER para pesquisar ou ESC para sair

SENAI inicia cursos do Educar para Trabalhar no dia 26 de julho

SENAI inicia cursos do Educar para Trabalhar no dia 26 de julho

Alunos devem acessar Ambiente Virtual de Aprendizagem em até sete dias para não terem matrícula cancelada.

O SENAI BAHIA inicia, em 26 de julho, segunda-feira, aos cursos de Qualificação Profissional do Programa Educar para Trabalhar, do Governo da Bahia. 100% EaD, o conteúdo programático será disponibilizado por Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), que deve ser acessado em até sete dias depois desta data para que a vaga do estudante não seja cedida a outro candidato.

Os conteúdos dos 20 cursos serão oferecidos por meio do AVA, uma plataforma onde o aluno vai acessar o material didático e também comunicar-se com o tutor de sua turma, que vai orientar e tirar dúvidas do estudante. Após a conclusão, os participantes vão receber certificados do SENAI e estarão aptos a ingressar no mercado de trabalho.

Ricardo Lima, gerente do ITED, Unidade de Inovação e Tecnologias Educacionais do SENAI BAHIA, responsável pelos cursos no Programa, afirma que a elaboração do material contou com especialistas técnicos e mediadores pedagógicos baianos, além de ser validado no âmbito do SENAI Nacional.“Contratando novos profissionais para reforçar a equipe do ITED, que já têm quase 30 anos de experiência na área de educação profissional”, acrescenta.

Mais de 100 mil – O SENAI BAHIA vai formar 112.200 participantes do Programa Educar para Trabalhar, que, ao todo, vai beneficiar 200 mil jovens do estado. Executado pela Secretaria Estadual de Educação, o projeto oferece cursos de Qualificação Profissional para estudantes e egressos da Rede Estadual.

Com mais da metade dos alunos, o SENAI BAHIA será o maior parceiro do Educar para Trabalhar, cujo objetivo é preparar jovens para o mercado de trabalho, aumentando suas chances de inserção e aproveitamento pelos setores produtivo e de serviços. As 200 mil vagas estão distribuídas em 11 Eixos Tecnológicos, somando 3.567 turmas.

“É uma satisfação para o SENAI ser parceiro da Secretaria da Educação do Estado da Bahia neste programa. Temos a missão de viabilizar a formação de mais de 112 mil estudantes em segmentos estratégicos, permitindo a eles acesso a material didático de qualidade, diversas tecnologias educacionais e suporte de equipe técnica e pedagógica, que permitirão o desenvolvimento de competências fundamentais ao aumento das possibilidades de acesso ao mercado de trabalho e uma atuação empreendedora”, afirma o diretor do SENAI BAHIA, Rodrigo Vasconcelos.

São 20 opções, que vão desde Auxiliar de Laboratório de Microbiologia, Controlador e Programador de Produção e Desenhista da Construção Civil até Operador em Petróleo e Gás. O projeto contempla alunos matriculados regularmente no Ensino Médio da Rede Pública Estadual de Ensino no ano letivo de 2020/2021 e egressos da Educação Profissional e Tecnológica da Rede Pública Estadual de Ensino, que tenham concluído os estudos no período de 2017 a 2019. A seleção é feita pela Secretaria da Educação do Estado.

Mais informações em http://www.senaibahia.com.br/educarparatrabalhar/

SENAI inicia cursos do Educar para Trabalhar no dia 26 de julho

SENAI inicia cursos do Educar para Trabalhar no dia 26 de julho

Alunos devem acessar Ambiente Virtual de Aprendizagem em até sete dias para não terem matrícula cancelada.

O SENAI BAHIA inicia, em 26 de julho, segunda-feira, aos cursos de Qualificação Profissional do Programa Educar para Trabalhar, do Governo da Bahia. 100% EaD, o conteúdo programático será disponibilizado por Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), que deve ser acessado em até sete dias depois desta data para que a vaga do estudante não seja cedida a outro candidato.

Os conteúdos dos 20 cursos serão oferecidos por meio do AVA, uma plataforma onde o aluno vai acessar o material didático e também comunicar-se com o tutor de sua turma, que vai orientar e tirar dúvidas do estudante. Após a conclusão, os participantes vão receber certificados do SENAI e estarão aptos a ingressar no mercado de trabalho.

Ricardo Lima, gerente do ITED, Unidade de Inovação e Tecnologias Educacionais do SENAI BAHIA, responsável pelos cursos no Programa, afirma que a elaboração do material contou com especialistas técnicos e mediadores pedagógicos baianos, além de ser validado no âmbito do SENAI Nacional.“Contratando novos profissionais para reforçar a equipe do ITED, que já têm quase 30 anos de experiência na área de educação profissional”, acrescenta.

Mais de 100 mil – O SENAI BAHIA vai formar 112.200 participantes do Programa Educar para Trabalhar, que, ao todo, vai beneficiar 200 mil jovens do estado. Executado pela Secretaria Estadual de Educação, o projeto oferece cursos de Qualificação Profissional para estudantes e egressos da Rede Estadual.

Com mais da metade dos alunos, o SENAI BAHIA será o maior parceiro do Educar para Trabalhar, cujo objetivo é preparar jovens para o mercado de trabalho, aumentando suas chances de inserção e aproveitamento pelos setores produtivo e de serviços. As 200 mil vagas estão distribuídas em 11 Eixos Tecnológicos, somando 3.567 turmas.

“É uma satisfação para o SENAI ser parceiro da Secretaria da Educação do Estado da Bahia neste programa. Temos a missão de viabilizar a formação de mais de 112 mil estudantes em segmentos estratégicos, permitindo a eles acesso a material didático de qualidade, diversas tecnologias educacionais e suporte de equipe técnica e pedagógica, que permitirão o desenvolvimento de competências fundamentais ao aumento das possibilidades de acesso ao mercado de trabalho e uma atuação empreendedora”, afirma o diretor do SENAI BAHIA, Rodrigo Vasconcelos.

São 20 opções, que vão desde Auxiliar de Laboratório de Microbiologia, Controlador e Programador de Produção e Desenhista da Construção Civil até Operador em Petróleo e Gás. O projeto contempla alunos matriculados regularmente no Ensino Médio da Rede Pública Estadual de Ensino no ano letivo de 2020/2021 e egressos da Educação Profissional e Tecnológica da Rede Pública Estadual de Ensino, que tenham concluído os estudos no período de 2017 a 2019. A seleção é feita pela Secretaria da Educação do Estado.

Mais informações em http://www.senaibahia.com.br/educarparatrabalhar/